Sexta-feira, 30 de Setembro de 2011

E que tal um companheiro de "choÇa" para o Isaltino?

E este é da minha terra! LOL

 

publicado por mWo às 01:33
link do post | comentar | ver comentários (5) | favorito
|
Terça-feira, 20 de Setembro de 2011

Madeira, a República dos Buracos!

Mais um dia, mais um buraco enorme descoberto nas contas da República das Bananas, mais conhecida por Madeira! Já não há palavras para descrever o quão vergonhosa é a fraude, o roubo completo que se passa naquela ilha à beira de África! E porquê eu falar na proximidade ao continente africano, para além da óbvia referência geográfica? Porque simplesmente quero realÇar o paralelismo "terceiro mundista" que existe entre a Madeira e um qualquer país africano onde a democracia e os seus respectivos valores são uma autêntica fachada!


O ladrão Alberto João Jardim dá ideia de um felino caÇado, enjaulado e passeado pelas ruas da cidade. É triste vê-lo estrebuchar, com o semblante de um derrotado, fazer comparaÇões de governos da República com «os governo de Salazar» e meter os pés pelas mãos nas justificaÇões imbecis para o escândalo financeiro dos últimos largos anos na Madeira. Mesmo assim não perde a mania e a arrogância, nem a falta de vergonha naquela cara.  Diz, para ganhar votos aos seus "cães amestrados", que escondeu os dados para resistir «aos socialistas, à maÇonaria, e a essa tropa fandanga do continente». Por outro lado, emite comunicados patéticos, onde escreve que não escondeu coisa nenhuma. A desorientação é completa. É claro que o «Jardinismo», entendido como um grosseiro desvio às mais elementares regras democráticas, tolerado pelos partidos que governaram Portugal nos últimos 30 anos, morreu. Morreu definitivamente, mesmo que o PSD ganhe as próximas eleições regionais na Madeira. Mesmo que ganhe com maioria absoluta. Noutras dimensões, provavelmente, ainda se vão encontrar situações semelhantes às da Madeira em alguns municípios e empresas municipais. E aí acho que um perfeito exemplo, é a minha cidade "adorada" de Gondomar, onde as comparaÇões com a Madeira são mais do que meras opiniões de ocasião. No entanto, a arrogância anti-democrática de Jardim justifica o revanchismo a que assistimos.

publicado por mWo às 14:24
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 8 de Julho de 2011

Hey Moody's! Tugas fucked you up!

AH POIS É! Tugas are Fucked Up! PASHHHH! LOL

 

 

O site da agência de rating Moody’s foi invadido com o objectivo de ridicularizar a imagem da agência que considerou Portugal como "lixo". Os hackers portugueses entraram na página para expressarem a opinião de um país inteiro. Embrulhem "nerds do guito"! (link)

 

 

By HenriCartoon (link)

publicado por mWo às 11:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Segunda-feira, 4 de Julho de 2011

E se recebessem 1€ de subsídio? Pode acontecer!

Alberto e Margarida Tomé, de 83 e 77 anos, estão revoltados com o valor do Complemento Solidário para Idosos (CSI) atribuído à mulher: um euro. "Já disse a toda a vizinhança para, se precisarem de dinheiro, virem cá a casa que a minha mulher empresta", ironiza o antigo marceneiro, residente em Pilado, na Marinha Grande.

Margarida Tomé, ex-costureira de estofos, que se debate com um cancro na língua, recebia, desde Agosto de 2010, uma prestação de CSI de 25,43 euros. Segundo a Segurança Social de Leiria (SSL), "foi objecto de redução para 1,00 euro a partir de Abril", porque em Março começou a ser paga uma prestação de 10,15 euros ao marido da beneficiária, também no âmbito do CSI.

A SSL explica o valor com o facto de corresponder à diferença "entre o limite anualmente fixado (pelo Estado) e os recursos apresentados pelo casal", mas não comenta os custos burocráticos associados ao processo de pagamento do euro, nem quais as vantagens que a moeda pode levar à beneficiária.

"Isto é um gozo, é uma troça. Uma vergonha. Nunca se viu tal tristeza de Estado social", diz Alberto Tomé, que descontou durante 18 anos para a Segurança Social – a mulher fê-lo apenas durante cinco – e vive em casa do filho. O casal é muito doente, sobretudo Margarida Tomé, e cada um recebe uma pensão de 246 euros (mais o CSI), através de transferência bancária. "Em Maio, deixámos 278 euros na farmácia", conta o reformado, para exemplificar as dificuldades por que passam, mesmo tendo sido ressarcidos em 90 euros pelo Estado.

O casal não vai contestar a decisão da Segurança Social. "Só quero alertar as pessoas para a desgraça deste País. Quero também alertar o novo Governo para o que se está a passar", refere Alberto Tomé, destacando que "mais valia poupar o trabalho que dá processar um euro, reunir uma quantia maior e dá-la" para ajudar de facto um beneficiário.

 

Porque às vezes o rídiculo ultrapassa os limites do razoável!...

publicado por mWo às 20:59
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 24 de Dezembro de 2010

Desespero consumista!

Época natalícia! Época maravilhosa para o convívio familiar e para a exaltaÇão da amizade! Mas também para a glorificaÇão da imbecilidade!

No passado dia 8 de Dezembro, na Media Markt de Alfragide, durante 3 horas, todos os clientes puderam fazer compras com preÇos sem IVA. Como é típico do português, "todo o mundo" foi para lá, à procura de conseguir levar a loja toda, mesmo que isso significa-se atropelamento, calcar cabeÇas, colocar laxante em bebidas para as pessoas irem à casa-de-banho no momento de entrada na loja, etc. Não duvido que estas ideias idiotas tenham passado pelas cabeÇas daquela imensidão de gente.


Tal como se mostra no vídeo acima colocado, e para gozo dos empregados da Media Markt (deixem estar que deve ser mesmo fixe ter que trabalhar no meio daquela confusão, até às tantas da manhã! Que riso!), aquilo parecia imagens de um rancho no Texas, onde o gado assustado por cascavéis se liberta em fúria à procura do paraíso, que neste caso era gastar dinheiro a torto e a direito. Belo paraíso, mas para os manda-chuvas da Media Markt!

 

Sim podem vir dizer: "Ah mas assim comprei uma máquina de café a grande preÇo. E comprei também um portátil e uma máquina digital muito mais barato!". E portanto isso compensa o facto de fazerem figura de otários não é? Estarem horas e horas à espera, fazer os 100 metros só para chegar a um portátil cor-de-rosa que roda o ecrã, entre outras coisas dignas de país de terceiro mundo.

 

Aposto que se por acaso, outra grande superfície comercial lanÇa-se uma iniciativa do género "Todos os clientes que correrem contra uma parede de betão e partirem mais de 50% dos ossos da sua cabeÇa, levam um portátil Toshiba e um LCD Samsung", imaginem só o número de indivíduos que estariam nas urgências do hospital da área correspondente. Enfim, Consumismo à Portuguesa!

 

Cumprimentos e que a malandrice faÇa correr muita tinta!

publicado por mWo às 11:31
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
|

.Malandro

.A malandrar no Facebook

Photobucket



Malandramente Glorioso

Photobucket



Photobucket

Photobucket

.pesquisar

 

.Setembro 2011

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
13
14
15
16
17

18
19
21
22
23
24

25
26
27
28
29


.posts recentes

. E que tal um companheiro ...

. Madeira, a República dos ...

. Hey Moody's! Tugas fucked...

. E se recebessem 1€ de sub...

. Desespero consumista!

.arquivos

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

.tags

. todas as tags

.LigaÇões de Referência

origem
blogs SAPO

.subscrever feeds